61 3543-8039

61 98381-0030

Top

Terapia por Ondas de Choque: Indicações e Contra-indicações

Terapia por Ondas de Choque: Indicações e Contra-indicações

No artigo anterior, lhe trouxe os benefícios da Terapia por Ondas de Choque (TOC).

Mas você sabe quais são as indicações ortopédicas já bem estabelecidas cientificamente para o tratamento?

Confira a lista:

  • Tendinopatias crônicas;
  • Tendinopatia calcárea;
  • Epicondilite lateral (“tendinite do tenista”)
  • Síndrome do grande trocanter;
  • Tendinopatia patelar(“joelho do saltador”);
  • Tendinopatia do tendão de Aquiles;
  • Fascite plantar(com ou sem esporão de calcanhar);
  • Patologias ósseas;
  • Retardo de consolidação óssea;
  • Pseudoartrose;
  • Fratura por estresse;
  • Osteonecrose;
  • Osteocondrite dissecante.

Ainda temos as indicações experimentais do tratamento, com bons resultados empíricos e em alguns artigos, mas ainda esperando casuística de maior evidência científica.

Segue a lista:

  • Isquemia cardíaca;
  • Lesões dos nervos periféricos;
  • Patologias da medula espinhal e do cérebro;
  • Calcinose cutânea;
  • Doença periodontal;
  • Disfunções temporomandibulares;
  • Síndrome da dor regional complexa;
  • Osteoporose.

E como em todo tratamento médico, existem algumas contraindicações para a Terapia por Ondas de Choque

Para explicar melhor, vou dividir em:

📍Ondas radiais e focadas com baixa energia
📍Ondas focadas com alta energia

Contraindicações das Ondas radiais e focadas com baixa energia:

  • Tumor maligno na área de tratamento (não como doença subjacente);
  • Feto na área de tratamento.

Contraindicações das Ondas focadas com alta energia:

  • Tecido pulmonar na área de tratamento;
  • Tumor maligno na área de tratamento (não como doença subjacente);
  • Placa epifisária na área de tratamento;
  • Cérebro ou coluna na área de tratamento;
  • Coagulopatia grave;
  • Feto na área de tratamento.

👍🏻 Gostou deste artigo? Compartilhe com alguém que possa se interessar também!

Dr. Marco Antonio Martins Balduino

Ortopedista e traumatologista, especializado em cirurgia do ombro e cotovelo, certificado para avaliação com FMS I® e SFMA I®. Membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia do Ombro e Cotovelo. Especializado em Fisiologia do Esporte Aplicada à Clínica pela Unifesp.