61 3543-8039

61 98381-0030

Top

Risco de bursite do ombro associada a vacinação.

Imov-Risco-de-bursite-do-ombro-associada-a-vacina

Risco de bursite do ombro associada a vacinação.

Tem ocorrido alguns casos de pacientes se queixarem de dor persistente no ombro após tomar vacina.

Segundo um artigo espanhol, que avaliou informações de um banco de dados nacional, as principais causas de dor são bursite, tendinite e capsulite adesiva.

Técnica inadequada de aplicação da vacina foi identificada como o fator mais importante para esse problema: local da aplicação, agulha grande para o tamanho do paciente, inclinação da entrada da agulha.

Esses fatores podem levar a entrada da agulha além do músculo em que a vacina deveria ser injetada (músculo deltóide), acabando por ser injetada sobre os tendões do manguito ou até dentro da articulação.

O contato direto dos componentes da vacina com os tendões e a bursa geram um processo inflamatório (tendinite ou bursite), seguindo com dor e limitações funcionais.

A padronização e o treinamento dos profissionais aplicadores são a principal medida para evitar esse problema.

Dr. Marco Antonio Martins Balduino

Ortopedista e traumatologista, especializado em cirurgia do ombro e cotovelo, certificado para avaliação com FMS I® e SFMA I®. Membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia do Ombro e Cotovelo. Especializado em Fisiologia do Esporte Aplicada à Clínica pela Unifesp.