61 3543-8039

61 98381-0030

Top

Os seis meses e o ligamento cruzado anterior do joelho. O gancho de Paolo Guerrero.

Os seis meses e o ligamento cruzado anterior do joelho - Marcelo Corvino -iMOVBSB Brasilia

Os seis meses e o ligamento cruzado anterior do joelho. O gancho de Paolo Guerrero.

Paolo Guerrero, atacante do Internacional de Porto Alegre, sofreu uma lesão em seu joelho durante partida contra o Fluminense, no domingo dia 16 de agosto de 2020, realizada no Maracanã. Já no dia seguinte as manchetes anunciavam seu afastamento dos campos pelo restante de 2020.

Sempre que você olhar uma notícia informando que algum jogador machucou o joelho e que ficará seis meses afastado, seguramente ele apresentou uma lesão do ligamento cruzado anterior do joelho.

Como se rompe o ligamento cruzado anterior do joelho?

O ligamento cruzado anterior encontra-se posicionado bem no centro da articulação do joelho e é muito importante para impedir que o joelho se desloque durante movimentos de rotação. Infelizmente movimentos de torção forçada podem acabar por rompê-lo. No caso do Paolo Guerrero, as imagens em câmara lenta mostram exatamente o momento da lesão e nos ajudam a entender como ela ocorre. No desenho esquemático que segue este artigo você pode perceber que enquanto o jogador adversário salta e empurra Guerrero para o lado esquerdo a ponta da chuteira do pé direito manteve-se aderida ao solo, forçando seu joelho para dentro (o que na medicina chamamos de estresse em valgo).

O ligamento cruzado anterior não cicatriza sozinho?

O ligamento cruzado anterior do joelho tem uma característica muito interessante, ele não cicatriza por si só, quando rompe completamente. No passado, uma lesão completa deste ligamento condenava o esportista à abandonar sua carreira. Felizmente houve muitos avanços na medicina, especialmente quanto às cirurgias reconstrutivas dos joelhos e hoje um atleta pode receber um ligamento cruzado anterior novo e retomar sua carreira esportiva com o mesmo desempenho.

Como se reconstrói um ligamento cruzado anterior?

Ao reconstruir um ligamento cruzado anterior rompido, nós ortopedistas coletamos tendões do próprio paciente que serão posicionados e fixados no lugar do ligamento rompido. Os tendões, apesar de parecidos com os ligamentos, não são exatamente iguais. Inicialmente foram utilizados pois parecia uma boa ideia colocar um tecido tão forte quanto um tendão para fazer o papel do ligamento. Esta foi uma ideia muito feliz, pois com o tempo acabamos por ter ótimas surpresas e aprender mais ainda sobre as capacidades regenerativas do corpo humano.

E os seis meses?

Estudos que acompanharam pacientes submetidos à reconstrução dos ligamentos cruzados anteriores dos joelhos utilizando enxertos de tendões acabaram por demonstrar que após seis meses da operação completa-se uma mudança na estrutura microscópica do enxerto, e ele passa a ter um arranjo microscópico semelhante ao de um ligamento original. Ao sofrer esta metamorfose o enxerto passa a apresentar uma resistência igual ou até superior ao ligamento original, realizando suas funções como se tivesse ‘nascido ali’!

É por este motivo que os tais ‘seis meses’ são importantes para que se libere o atleta para retorno às competições.

Dr. Marcelo Corvino Nogueira

Médico ortopedista e traumatologista, especialista em cirurgia do joelho, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia do Joelho.